Bem-vindo(a) ao Página Cultural!

Gestao-e-Conteudo-para-Redes-Sociais

Para quem é fã de cultura | Desde 2007

piadabras

Piadabrás

… Piada, anedota ou patacoada, como diziam os mais antigos. Chame como quiser. O que importa é que todos saibam que as piadas não n…

0 Compartilhamentos
Dinheiro espécie em extinção.

Dinheiro em Espécie

Espécie em extinção (Montantis sumidus)Por incrível que possa parecer, a espécie em extinção é a mais facilmente encontrada na natureza. …

2 Compartilhamentos
Rubinho do Vale faz show em Uberlândia

Rubinho do Vale faz show em Uberlândia

Rubinho do Vale é o próximo convidado do projeto “Pedro Antônio convida” – Show que acontecerá no dia 01/07 – as 21 horas – n…

0 Compartilhamentos
o sitio da minha tia

O sítio da minha tia

Olha gente, em tempos bicudos, é complicado falar em política. Ainda mais agora por causa do dualismo. Entretanto a nossa classe política…

0 Compartilhamentos
Saudade dos Milhões

Saudade dos Milhões

Se há uma coisa que não falta para este humilde fardado da Guarda Municipal é experiência. Sou macaco velho, dos idos da radiopatrulha de…

0 Compartilhamentos
Ladrão prevenido vale por dois

Ladrão prevenido vale por dois

Se você pensa que quem arrisca a vida é bombeiro, PM da favela da Rocinha ou dublê do Chuck Norris é porque nunca foi ladrão na vida. Nos…

0 Compartilhamentos
Despertar

Desperta

Há uma magia oculta em tudo o que enxergo. Como se estivesse a cada novo instante descobrindo o que é enxergar, bem como aquele que um di…

0 Compartilhamentos
Compre Online A Cabana e De volta à Cabana

Compre Online A Cabana e De volta à Cabana

Compre Online A Cabana e De volta à Cabana  Esta história deve ser lida como se fosse uma oração – a melhor forma de oração, cheia de ter…

0 Compartilhamentos
João Cabral de Melo Neto, em A Escola das Facas

Os meus verdes cabralinos

O coqueiro e a cana lhe ensinam, sem pedra-mó, mas faca a faca, como voar o Agreste e o Sertão: mão cortante e desembainhada.” (João Cabr…

2 Compartilhamentos

cafe-ouro-negro-minas

Humor