10 Autores famosos que começaram a escrever depois dos 50 anos

A maioria dos grandes escritores conseguiu publicar algo antes dos 30 anos, mas para combater a ideia de que se você não escreveu algo antes dos 30 nunca será um escritor apresentamos uma seleção de 10 nomes que só começaram a escrever depois dos 50 anos de idade.

1. Daniel Defoe – Robinson Crusoe

Daniel-Defoe---Robinson-Crusoe

Até 59 anos Defoe estava ocupado demais para começar a escrever ficção. Teve 8 filhos, passou um tempo na cadeia por razões econômicas e políticas, viajou por toda a Europa e era um cobrador de impostos. Na verdade, sua primeira incursão na escrita foi produzindo panfletos. Aos 59 anos, ele escreveu e publicou seu primeiro romance “Robinson Crusoe”, seguido por “A vida do capitão Singleton. Hoje é considerado um dos pais da novela Inglês.

2. Laura Ingalls Wilder – The House on the Prairie

Laura-Ingalls-Wilder---The-House-on-the-Prairie

Ela começou a publicar textos em um jornal, já na casa dos cinquenta, e com 64 anos publicou seu primeiro livro “The House on the Prairie”. Também conhecido no Brasil como Os Pioneiros, foi uma série de TV norte-americana, produzida e apresentada originalmente pela rede NBC, entre 11 de setembro de 1974 à 21 de março de 1983, num total de 208 episódios de aproximadamente 60 minutos cada, em 9 temporadas.

3. Frank McCourt – Cinzas de Ângela

Frank-McCourt---Cinzas-de-angela

Outro caso importante é  do escritor Frank McCourt, que não escreveu até se aposentar depois de anos trabalhando como professor. Seu primeiro livro foi publicado quando ele tinha 66 anos e ganhou um Prêmio Pulitzer. É “Cinzas de Ângela”, um romance autobiográfico que conta sua infância na Irlanda.

4. Marquês de Sade – Justine

Marquês-de-Sade---Justine

Aristocrata, ateu, libertino e revolucionário, passou 27 anos de sua vida em prisões e vários asilos. Na verdade, ele começou a escrever com 40 anos enquanto ele estava preso na Bastilha. A primeira obra publicada foi “Justine”, já com 51 anos. Claro, ele foi proibido, mas isso não impediu que circulasse de mão em mão ao longo do século XIX.

5. Charles Perrault – Histórias da Mãe Ganso

Charles-Perrault---Historias-da-Mae-Ganso

Perrault nasceu em uma família burguesa abastada, que lhe permitiu levar uma vida dedicada ao estudo e ser secretário e bibliotecário da Academia Francesa. Embora tenha escrito ao longo de sua vida, eram basicamente palestras, diálogos, poemas e obras que lisonjeavam o rei e príncipes. Aos 55 anos de idade ele escreveu “Histórias da Mãe Ganso”, que iria ser o início de um novo gênero literário: contos de fadas.

6. Giuseppe Tomasi di Lampedusa – O Leopardo

Giuseppe-Tomasi-di-Lampedusa---O-Leopardo

O Príncipe de Lampedusa não tinha interesse especial em criação literária até 58 anos de idade, quando, depois de assistir a um prêmio literário começou a escrever “O Leopardo”. Ele terminaria dois anos depois, mas os editores o rejeitaram. Ele não foi publicado até um ano após sua morte, e seria um grande sucesso na Itália.

7. Chandler Raymond – The Big Sleep

Chandler-Raymond---The-Big-Sleep

Chandler é um daqueles que dá muita esperança. Começou a escrever aos 44 anos de idade quando ele perdeu o emprego em uma companhia de petróleo na Grande Depressão. Pouco depois, ele publicou suas primeiras histórias e também o primeiro romance “The Big Sleep”, quando ele tinha 51 anos de idade.

8. Alberto Mendez – The Blind Sunflowers

Alberto-Mendez---The-Blind-Sunflowers

O autor de “The Blind Sunflowers” sempre esteve ligado à literatura durante a sua carreira profissional. Ele trabalhou em várias editoras, mas não nos seus últimos anos quando escreveu quatro histórias ambientadas na guerra civil que compõem o seu único trabalho. Ele tinha 63 anos quando foi publicado.

9. Isak Dinesen – Out of Africa

Isak-Dinesen---Out-of-Africa

A autora de “Out of Africa”, cujo verdadeiro nome era Karen Blixen, passou a maior parte de sua vida na África cuidando de uma fazenda de café. A queda nos preços obrigou-a a vendê-la e regressar ao seu país na Dinamarca, quando ela tinha 46 anos. Sua carreira literária começou sob vários pseudônimos e ela publicou uma coleção de histórias com 50 anos, pouco antes da sua obra mais famosa.

10. Sam Savage – Firmin

Sam-Savage---Firmin

Savage era um mecânico de bicicletas, carpinteiro, pescador de caranguejo, editor de poesia e tipógrafo, antes de escrever. Com 66 anos, sua primeira peça “Firmin” foi publicada.

Post inspirado na publicação do LIBRÓPATAS.COM.

Página Cultural

Para contribuir com ideias, sugestões e informações, use o e-mail: pagcultural@gmail.com.

Sem comentários; deixe o seu:

Seu comentário é importante!

Your email address will not be published.

Você pode usaratributos e tags HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>