Astrologia, Tarot e as Eleições nos EUA

Marte chegou em Aquário no meio da madrugada, junto com a dura notícia do resultado das eleições nos Estados Unidos. O guerreiro planeta da ação é regente de Áries. O signo de Aquário é regido por Urano e Saturno. Marte está na casa de Urano, Urano na casa de Marte. O planeta vermelho cingiu de sangue o azul da paz. Não podemos dizer que o resultado tenha sido exatamente uma surpresa, mas com certeza e infelizmente, a nova ordem das coisas, alinhada agora mundo afora (e aqui também) com a extrema direita, ainda trará muitas surpresas indigestas até mesmo para aqueles que torceram por esta reversão histórica e evolutiva (acreditem, eles estão entre nós e não são poucos).

Astrologia, Tarot e as Eleições nos EUA
2016 é um ano de vibração 9, que na numerologia anuncia o fim de um ciclo, no Tarot faz sintonia com o Eremita (Saturno) e na mandala astrológica situa Sagitário, o nono signo.

Desde que Saturno entrou em Sagitário, temos visto e sentido na pele o ressurgimento do conservadorismo e da intolerância religiosa. Aliás, a intolerância parece ser a palavra-chave na ressurreição dessa “nova-velha” ordem em todos os cantos e recantos do planeta. Defendo a tese que a Fênix é metade escorpiana e metade sagitariana, por ser a ave mitológica de fogo que renasce das cinzas. Na última travessia de Saturno pela fronteira dos dois signos, ao que parece, monstros que julgávamos extintos foram despertados do sono da morte escorpiana para nos assombrar e perseguir em Sagitário, com suas flechas envenenadas e furiosas riscando os ares do planeta e acertando em cheio sagradas conquistas no quesito humanidade, justiça social, paz e harmonia.

2016 é um ano de vibração 9, que na numerologia anuncia o fim de um ciclo, no Tarot faz sintonia com o Eremita (Saturno) e na mandala astrológica situa Sagitário, o nono signo. Quase no fim deste ano pesado, podemos olhar para trás e refletir sobre esta sincronicidade energética de um Saturno que desarmou os arqueiros de fogo e travou os rumos do mundo. Talvez ainda tenhamos muito a expurgar antes de merecer um planeta melhor e mais justo.

Há um arcano menor do Tarot que bem representa a transição, na calada da noite, de um Marte exaltado para o território das tribos, da liberdade, das culturas, da diversidade e das sociedades, como um golpe furtivo que interrompe o avanço da modernidade e do respeito às diferenças. Se alguém chutou o 9 de Espadas, acertou em cheio. É a carta do pesadelo. Não parece que estamos exatamente dentro de um? Cabe agora a cada um de nós acordar e fazer a nossa parte, na vida e na vibração energética, para sair do alvo dos podres poderes.

A Lua representa o povo, e agora ela cresce em Peixes. No mar, os cardumes de peixes pequenos conseguem vencer os grandes predadores. Juntos podemos mais. Assim nos desejo inteligência, amor e fé.

“Vamos precisar de todo mundo
Pra banir do mundo a opressão
Para construir a vida nova
Vamos precisar de muito amor
A felicidade mora ao lado
E quem não é tolo pode ver
A paz na Terra, amor…”

(O Sal da Terra – Beto Guedes)

Lilian Guedes

Lilian Guedes

Jornalista, Taróloga, Astróloga e Terapeuta Floral na empresa Salamalek Tarot & Astrologia. Mapa Astral, Mapa de Revolução Solar, Mandalas completas de Tarot e tiragens temáticas - Consultas por Skype ou presenciais Whats (34) 99107 8464.

1 Comentário

Seu comentário é importante!

Your email address will not be published.

Você pode usaratributos e tags HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>