Lidia Martins

Lidia Martins

"Alguns escrevem para lembrar. Outros escrevem para esquecer." agentepodiasevernoar.blogspot.com

O Instante Aparador

Ler ao som de Stavros Lantsias – The River of Time … Tenho sonhado c…

1 Compartilhamentos

O ponto de encontro

“Ama como a estrada começa.” – Mário Cesariny Aceite-o — sussu…

2 Compartilhamentos

Ponteiros Parados

“Había sólo lobos, para alimentar a los lobos, en las cuidades vacías.R…

1 Compartilhamentos

Ponto, cicatriz.

“Lembra-te dos banhos em que foste afogado.” | Yorgos Seferis A cord…

1 Compartilhamentos

Duas Luas e Uma Fuga

“Ali, era sempre Novembro.” John Ashbery Ler ao som de Oláfur Arnald…

0 Compartilhamentos

Folhas soltas

A arte é uma pose: admire. Sou a página solta que ainda insiste em encontrar a o…

0 Compartilhamentos

Autorretrato

Tenho me sujado e me limpado muitas vezes. Alguns passam a vida cagados, outros …

1 Compartilhamentos

Para Maurício,

que está nestas palavras que escrevo agora e estará também amanhã quando formos …

4 Compartilhamentos

O Trinado do Diabo

A paixão é um assunto de alta nomeada para se esgotar em palavras. Eu não tenho …

0 Compartilhamentos

Postais de Outono

Sei quanto anseia por isso. Pelo seu perdão? Não, pelo meu castigo. Acertei você…

1 Compartilhamentos

O homem de Smoking

Bato os lençóis, os tapetes, as cortinas, e pelos cômodos limpos de lembranças e…

0 Compartilhamentos

Abotoando…

Abri as janelas. O ar que serpenteia as cortinas do quarto é macio e aveludado. …

0 Compartilhamentos

La Danza del Lladrós

Gosto dos espelhos porque mentem. Fogem com a nossa imagem, oferecendo a cada um…

1 Compartilhamentos

Para Lídia

La Bête Humanie, que transformou todos os meus suspiros em gemidos, mas nem por …

0 Compartilhamentos