Página Cultural Página Cultural Agenda Cultural Roteiro Uberlândia Contato
Facebook Twitter Google+ Feed

Destaques


- É paulista da Capital. Nascido em 1970, escreve contos, crônicas e artigos, além de fazer consultoria e revisão textual sob encomenda. Tem três livros publicados: O Homem Suprimido, Scortecci – 2010; A Idade do Vexame & Outras Histórias, Pontes – 2011, e A Invasão dos Horácios, Pontes – 2013. Blog: Os Causos do Cruz.

Aviso para o Dia das Crianças!

Amigo leitor. Hoje a crônica não é minha. É do meu pai, que faria 70 anos dia 7 último, se estivesse vivo.
A publicação deste texto é uma homenagem a ele e ao Dia das Crianças. O texto foi escrito em 1975 para uma campanha publicitária que veiculou em diversas revistas do país.

Fizemos esse anúncio para você esquecer que 12 de outubro é o Dia das Crianças.
E lembrar de todos os outros dias da vida de seu filho.
Lembrar de todas aquelas coisas que você imaginou pra ele.
Pra que a infância dele fosse perfeita, diferente da sua.
Todo o homem fica a vida toda pensando em ter um filho. Sonha. Se vê passeando com ele.
Rindo junto. Brincando, correndo.
E acaba não fazendo nada disso.
Porque não tem tempo.
Porque chega cansado.
Porque tem coisas importantes para fazer.
De repente, percebe que aquela educação diferente da sua, que queria dar a ele, acaba sendo igual, ou pior.
“Nunca vou bater nele”
Acaba batendo.
Pior: às vezes acaba se arrependendo de ter tido um filho.
Você quer sair, se divertir.
“Filho prende muito a gente”
Rir, passear, fica tudo tão raro. Você percebe que não serviu nem para inventar a infância do seu filho.
Brincar, para ele, é completamente diferente do que você imaginou.
Ele gosta de cada coisa estranha. Inventa as brincadeiras dele.
E te inclui nessas brincadeiras.
E você não tem tempo.
Por isso, esqueça do Dia das Crianças.
E pregue esse anúncio num lugar que você possa ver sempre.
Pra continuar lembrando do seu filho.
Ainda dá tempo.
Porque daqui a pouco ele cresce.
E desaparece.

Aloísio Cruz

(Quem quiser ler mais textos do meu pai, além do original deste, acesse meu blogue)












Gostou? Deixe um comentário:

Seu comentário só será publicado após aprovação do moderador.

*