Poesia

Meu Pecado

Se fosse só a carne Mas é a alma Que deleita-me Em prazeres ocultos. Enquanto duvido de teu âmago Gozo em tuas possib…

1 Compartilhamentos

Divindade

A vida é de repente um susto Você abre os olhos e chora A solidão de nascer É se não a saudade De tudo o que não pode…

1 Compartilhamentos

Réu do Amor

Há um beijo escondido Por de trás dessas amarrações. Um beijo não dado Contido, Quase dito No meio desses turbilhões.…

1 Compartilhamentos

Meu Próprio Amor

Eu já não sinto mais o mesmo amor. Aquele amor diminuído, exacerbado. Impossível. Aquele amor corroído, sem começo e …

1 Compartilhamentos

Gozo Poético

Visto me assim, sem roupa nenhuma Só de pele Não há vestimenta melhor que a verdade da gente. O que de repente cubra …

0 Compartilhamentos

Errática

I Poesia errática. Caos na cidade do sol. Os filhos da burguesia são mais brasileiros Que nós, poetas! O poeta é um P…

1 Compartilhamentos

Sobre ele

Hoje quando sentei aqui para escrever, tinha decidido não falar sobre amor. Tinha decidido escrever sobre qualquer ou…

0 Compartilhamentos

Eu serei forte

Quando as ondas destruírem meu castelo de areia, eu construirei um de concreto. Quando as tempestades arruinarem os p…

3 Compartilhamentos

Amor de Segunda

Há um desespero dos que amam, Para com os desesperados do falso amor. E de fulguras promessas iridescentes O coraçao …

1 Compartilhamentos

Ode ao Centauro

Cantá-lo-ei, ó meu amado, Pois sei de tu, como nunca antes ninguém ousara tentar desvendar. Sei do teu nome, do teu s…

0 Compartilhamentos

Disfarce

Disfarço labareda Vigente em teu corpo Consagro o sentir Que tu me recobro Em suspiros É chegado março E meu sentir A…

1 Compartilhamentos

Comba-te-mpo

Eu preciso escrever! Preciso, porque algo está doendo dentro de mim. Um dueto martelado do meu eu no passado e o de a…

1 Compartilhamentos