Então me envolvo

Quero dos versos
O néctar da vida
Porque escondida
Já não posso mais
Reverbera cantigas
Antigas, sofridas
Nos ouvidos moucos
Imensidão
Sem tantas palavras
Descasos insanos
São tão humanos
Esses instintos
Se me perco e naufrago
No  mar de lágrimas
Que, talvez, secou
E me guardo e aguardo
O passar do tempo
Que junto ao vento
Dissipa a agonia
Devolve a alegria
Entoa a paz
Então me envolvo
Uma vez mais

Christyene Alves Faleiros

Christyene Alves Faleiros

Christyene Alves Faleiros é poeta, cronista, mestre de Reiki e advogada. Tem poemas publicados na antologia "Camarinhas de Poesia" e comanda o blog Prosa Verso e Encanto.

Sem comentários; deixe o seu:

Seu comentário é importante!

Your email address will not be published.

Você pode usaratributos e tags HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>