Luiz Salgado lança novo CD

O cantautor mineiro, de Patos de Minas, Luiz Salgado acaba de lançar um novo CD, o quinto de sua carreira. O disco, que teve financiamento coletivo através do sistema Crowdfunding e incentivo cultural da Prefeitura Municipal de Araguari, onde reside e é membro da Academia de Letras, já está disponível em todas as plataformas digitais. Já pelo título, “Quanto mais meus óio chora mais o mar quebra na praia”, Salgado revela sua intenção com este novo trabalho: o fazer apesar das adversidades e, além disso, levar a nossa cultura do cerrado ao mar; ao além-mar; Mostrar seus atentos e lúcidos“ óios” de criança, de “pássaro lunar”, aos grandes olhos do mundo. Prova inconteste são as gravações de temas de domínio público como de costume, e músicas de outros ótimos compositores como Marco Aurélio Querubim, Caco Sodré, Cátia de França e Domá da Conceição. Têm também novas parcerias com Xavier Bartaburu, Rodrigo Ferrero e duas músicas feitas com a magnífica Consuelo de Paula. Seu voo mais alto neste trabalho faz com as participações especiais das cantoras Celmar e Badi Assad, duas grandes compositoras e intérpretes da música brasileira que já circulam livremente com seus cantos e encantos por terras estrangeiras. As folias de reis continuam presentes. A digital do Salgado, definida pela viola singular e pela voz marcante do cantador, busca deixar nova impressão ao dialogar com outras vozes, com novas formas de expressão e roupagem neste belo álbum. Em algumas faixas, sua viola arranjou e se deitou em cama armada pelos violinos de Maria Clara e rabeca de Jefferson Leite, pelos Cellos de Thyago Wolf e teclados de Lucas Roza, o produtor e arranjador do disco junto ao Luiz. Confortavelmente deitou-se, mas não dormiu! Dá o tom e fala. Dialoga harmoniosamente com os grandes percussionistas Jack Will, Dedé Aires, Alex Mororó e Antônio Sabiá, o Toninho, filho do violeiro e da também percussionista Lilian Fulô. Cabe aqui uma referencia ao Toninho Sabiá já como grande percussionista pela estreia marcante, aos sete anos de idade, junto aos grandes e pela certeza de que se tornará mais um destes logo, logo, pelo que vem apresentando. As guitarras ficaram a cargo de Xande Tannús e Rodrigo Pires; Os Baixos por Lucas Roza e Ricieri Nascimento; No Acordeon Lucas Viotti; Metais, Marcos Mello e Nethynho Danilo. Conta ainda com as participações do ótimo intérprete Claudio Lacerda, do violeiro Arnaldo Freitas e da Cantadeira Dona Maria do Pé do Morro, é ela quem traz Luiz de volta ao cerrado após esta boa viagem. O Álbum tem 15 faixas e, como em todos os trabalhos anteriores do Luiz, é um disco gostoso para se ouvir em silêncio, pescando os detalhes e se deixando levar pela pureza da alma deste grande cantautor (compositor e cantador). Conheça mais sobre Luiz Salgado acessando as páginas www.monjoloprodutora.com.br

https://www.facebook.com/luiz.salgado.94

 

Pedro Antônio

Pedro Antônio

Músico, compositor e intérprete.

Sem comentários; deixe o seu:

Seu comentário é importante!

Your email address will not be published.

Você pode usaratributos e tags HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>