Mensagem aos idosos

Caro idoso: Aquele negócio de a implacabilidade do tempo te atingiu, não é mesmo? Pois então, quanta coisa passa pela tua cabeça. É um turbilhão de novidades das quais tu não tinha nem ideia. Mas é isso, é a realidade nua, crua e velha. A coisa encrespou. Para quem é homem, é mais difícil ainda. A gente olha a ninfeta e bate uma nostalgia. Aquela “firmeza” já não é mais a mesma  e não passa de uma ilusão, ficou no passado. O que fica no presente é a firmeza de caráter. Se quiser estudar, estude medicina e trabalhe de graça para ajudar os outros. Aqueles que dizem que você deve estudar para manter-se ativo são os mesmos jovens médicos que te iludem com uma falsa juventude. São dezenas de remédios que enricam os laboratórios e lhes pagam viagens e outras mordomias. Não acreditem neles. Muitos idosos comem banha de porco e torresmo, tomam pinga, vinho e morrem felizes aos noventa. Os bombados morrem aos sessenta! Não estudem, apenas leiam bastante e de preferência romances. NÃO ESQUEÇAM, PARA ENTRAR NO CÉU NÃO TEM VESTIBULAR! Não façam atletismo, caminhem bastante. Guardem  a energia para a transa anual. Você já foi jovem. Por mais medicamento e complexo vitamínico que consuma, só vais conseguir uma cirrose medicamentosa. Botox, plástica? Nem pensar! Virarás um monstro, pois a natureza é vingativa. Ficarás repuxado e motivo de chacota. Não faça isso! A velhice tem a sua beleza. Colesterol alto? Mentira! Falta de vitamina D? Toma Sol.

Por mais que tenha uma dieta “equilibrada”, a juventude não voltará!

Se você tem baixo colesterol, triglicerídio baixo, não fuma, não come carne vermelha gordurosa, não bebe cerveja e nem vai ao pagode, só faz exercício físico para manter-se extremamente saudável, sinto te dizer meu caro idoso: Está na hora de ir para a “Terra dos Pés Juntos”, pois viver sem “viver” não vale a pena!   Com essa mentalidade não precisa nem reencarnar!

Dito isso, está na hora dessa gente velha mostra seu valor. Vivam o máximo, pois a hora derradeira está chegando e não tem replay!

Não acumulem riqueza e gaste seu dinheiro somente com você, caro idoso, os jovens que se virem. Você conseguiu, eles conseguem. E, quando ficarem acamados por algum motivo, contrate uma enfermeira bem gostosa. Nada de comidinha de hospital, somente pizza, lasanha, picanha e tudo que se tem direito. Fumou a vida toda? Continue fumando, pois o estrago que o cigarro fez, está feito. E não se esqueça da cachacinha, lá no céu é tudo certinho, não dá para fazer muita bagunça.

Sérgio Clos

Sérgio Clos

Escritor de Porto Alegre/RS publicou "Premissas", "A maleabilidade do tempo", "Fios de Prata, "Império do cinismo" e "Fundamentalismo Democrático".

1 Comentário
  1. Parabéns!Seu texto veio de encontro aos meus 70 anos. Li e fiquei feliz. Estou fazendo tudo direitinho. Abraços,
    Maria Aparecida

Seu comentário é importante!

Your email address will not be published.

Você pode usaratributos e tags HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>