Os Leões na marca da Metro Goldwyn Mayer (MGM)

A marca com o leão foi criada em 1916 para o Goldwyn Pictures Corporation pelo executivo Howard Dietz. Dietz disse que ele decidiu usar o leão como um tributo a Universidade de Columbia, cujo apelido da equipe atlética é leões.

Leão Slats - 1917-1924, nascido no zoo de Dublin.

Em 1924, a Metro Goldwyn Mayer (MGM) foi fundada quando o magnata americano Marcus Loew ganhou o controle da Metro Pictures – Goldwyn Pictures Corporation e Louis B. Mayer Pictures.

O primeiro leão, chamado Slats, foi usado na primeira versão da MGM. Ele não chegou a rugir, preferindo somente observar as pessoas .

O leão só rugiu em 31 de julho de 1928 na estreia do filme White Shadows in the South Seas. O rugido foi ouvido através de um disco de vinil.

Leão Jackie (1928-1956) o segundo leão a ser usado no logotipo.

Leão MGM Jackie, 1928-1956, a segunda versão.

O rugido de Jackie foi utilizado no início do cinema falado. A nova gravação foi produzida em uma gaiola.

Leao-Jackie-MGM

Além de aparecer no logotipo MGM, Jackie apareceu em mais de cem filmes (todos os filmes preto e branco 1928-1956, incluindo os filmes de Tarzan que estrelou Johnny Weissmuller).

Dois leões foram usados ​​para os logotipos no primeiro teste Technicolor da MGM.

Leão Café MGM, 1932-1935.

A partir de 1934 a MGM começou a produzir filmes inteiros Technicolor usando agora o leão Tanner para todos os filmes de 1934-1956.

Leão MGM Tanner, 1934-1956 usado em filmes Technicolor.

O sexto leão, chamado George, apareceu em 1956.

Leão estilizado George.

Leo, o sétimo leão, foi o que teve vida mais longa na MGM, tendo aparecido na maioria dos filmes desde 1957. Ele também foi o mais jovem de todos os leões.

Leão Leo MGM, 1957-presente.

Hitchcock “dirigindo” Leo em 1958 – foto por Clarence Sinclair Touro.

Hitchcock "dirigindo" o leão Leo em 1958; foto de Clarence Sinclair Touro.

Em 1965, na tentativa de atualizar a sua imagem, a MGM resolveu criar um logotipo mais contemporâneo. O resultado ficou conhecido como “o leão estilizado” e apareceu em três filmes na década de 1960: Grand Prix (1966), 2001: Uma Odisseia no Espaço (1968), Rosas (1968).

O-leão-estilizado-mgm

Leo foi reintegrado depois numa versão refinada da marca que está em uso até hoje pela MGM Resorts International.

Fontes: Logodesignlove | Wikipedia

Página Cultural

Para contribuir com ideias, sugestões e informações, use o e-mail: pagcultural@gmail.com.

Sem comentários; deixe o seu:

Seu comentário é importante!

Your email address will not be published.

Você pode usaratributos e tags HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>