Inicial » Ecologia » Rios Voadores discute Código Florestal

Rios Voadores discute Código Florestal

Share on Google+Share on LinkedInTweet about this on TwitterShare on TumblrShare on FacebookPin on PinterestShare on RedditDigg thisEmail this to someone

Já ouviu falar em rios voadores? Em 05 de outubro,  Uberlândia receberá uma palestra educacional promovida pelo projeto intitulado “Rios Voadores”, patrocinado há quatro anos pela Petrobras por intermédio do Programa Petrobras Ambiental, e que pesquisa esse fenômeno meteorológico. O projeto, idealizado pelo aviador e ambientalista Gérard Moss, sob a coordenação do professor Enéas Salati, busca identificar a origem do vapor de água transportado pelas massas de ar vindos da Amazônia e quantificar o papel da evapotranspiração da floresta amazônica nas chuvas que caem nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do Brasil.

O evento já foi divulgado em Ribeirão Preto (SP), Cuiabá (MT), Londrina (PR) e Chapecó (SC). Uberlândia também consta entre as cidades especialmente selecionadas, cada uma em um estado diferente, porque está entre as cidades mineiras que se beneficiam da umidade trazida da Amazônia pelos ventos.  “O Projeto Rios Voadores realiza, em parceria com o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos, o monitoramento automático da ocorrência do fenômeno em Uberlândia e registrou 42 ocorrências desde o início do ano. O último registro foi no dia 25 de setembro, quando foi detectado que a cidade provavelmente esteve sob influência da umidade proveniente da Amazônia”, disse Moss.

Pioneirismo

O projeto “Rios Voadores” é pioneiro no mundo e um de seus pontos inovadores é a coleta de amostras de vapor de água acima da floresta amazônica tanto a bordo de um pequeno monomotor, como também utilizando um balão a ar quente. Se as condições climáticas estiverem favoráveis em Uberlândia no período da exposição, o balão será inflado e subirá amarrado por cordas (voo cativo).

O Projeto também será apresentado em uma exposição, com amplos registros audiovisuais sobre o papel da região Amazônica e os serviços ambientais da floresta tropical, será montada no primeiro piso do Center Shopping, próximo à Richards. São mais de 40 fotografias e textos sobre a pesquisa. Para esclarecer melhor como se forma o fenômeno meteorológico, a mostra traz animações digitais e um vídeo com depoimentos de vários especialistas e pesquisadores.

O projeto também promoveu recentemente em Uberlândia duas oficinas de formação de professores da rede pública, para que compartilhem o conteúdo com os alunos em sala de aula.

Gérard Moss explica que o termo rios voadores descreve o fenômeno de forma poética. São rios invisíveis, imaginários – mas a água que transportam, na forma do vapor, é muito real. “Todos os dias, a Floresta Amazônica cede para a atmosfera em torno de 20 trilhões de litros de água, em forma de vapor, por meio da evapotranspiração das árvores. Esse volume é comparável à quantidade de água despejada diariamente no oceano pelo rio Amazonas. Os deslocamentos dessa umidade, empurrados pelos ventos em direção ao oeste e ao sul, são chamados de “rios voadores” e exercem uma função muito importante no transporte de vapor de água da Amazônia para outras regiões do Brasil e no regime de chuvas do país”, acrescenta.

Sobre a OPA

A OPA – Organização para a Proteção Ambiental é uma organização não governamental brasileira, com sede em Uberlândia, criada em novembro de 2003. Com a missão de estimular a sensibilização, a parceria, a educação, o diálogo e a solidariedade entre os segmentos sociais, a OPA preza o equilíbrio entre a atividade humana e a preservação e o uso racional dos recursos naturais.

Serviço:

Evento: Palestra – O projeto de Código Florestal lesionará o meio ambiente?
Local: Center Convention, sala A4
Data: 05 de outubro de 11
Horário: 19h30
Entrada franca e emitimos certificados
Confirmar presença no site www.opa.org.br ou pelo telefone 0800-701-5508 ou (34) 3231-7587.

Página Cultural

Para contribuir com ideias, sugestões e informações, use o e-mail: pagcultural@gmail.com.

Comente

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados.


*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>